A Anatel começou a enviar para voluntários dos estados do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Minas Gerais o Whitebox, um pequeno equipamento que medirá a qualidade do serviço de banda larga fixa.

A escolha pelos estados atendeu ao critério quantitativo: eles registraram o maior número de voluntários inscritos através do EAQ (Entidade Aferidora da Qualidade de Banda Larga). Os interessados devem fazer o cadastro ali, após rodar o teste de velocidade — que, infelizmente, exige o plugin do Java para funcionar. A intenção da agência é selecionar 12 mil pessoas do país inteiro com perfis bem heterogêneos, como explica a Folha:

“O plano de amostras elaborado pela Anatel distribui os voluntários por Estado, por prestadora e por faixa de velocidade contratada a fim de medir a qualidade do serviço prestado aos diferentes perfis de usuário.”

A participação é bem simples, basta conectar o “whitebox” ao roteador e deixá-lo ali, funcionando — a Anatel garante que não é preciso conhecimentos técnicos para colaborar e, claro, que nenhuma informação privada do usuário será capturada ou transmitida pelo equipamento. A colaboração é gratuita e não remunerada.

Espera-se que, com isso, a qualidade da nossa banda larga melhore; em muitos lugares a situação está feia. O site do EAQ traz mais informações. [Folha. Foto: Herivelto Batista]