Embora o Android 11 Beta Show que estava programado para esta quarta-feira (3) tenha sido adiado, parece que o Google começou a enviar a versão de testes do sistema operacional para um punhado de usuários ainda mais cedo do que o esperado.

As compilações anteriores do Android 11 eram destinadas a desenvolvedores, mas esta nova versão beta está disponível publicamente para que mais pessoas testem a próxima versão principal do sistema operacional móvel do Google antes do lançamento oficial, que deve ocorrer ainda este ano. Porém, o mais importante é que, com base nas informações dos usuários que já usaram esta nova versão (via XDA Developers), parece que existem alguns recursos e alterações que não estavam ou não eram facilmente acessíveis nas atualizações anteriores.

Embora a aparência geral do Android não tenha sofrido grandes alterações, o Google fez alguns ajustes para tornar o controle da reprodução de mídia um pouco mais simples.

Por exemplo, em vez de colocar controles de reprodução de músicas e vídeos em uma notificação, o Google criou um novo conjunto de controles compactos de música na janela de configurações rápidas. Conforme observado nas opções do desenvolvedor, esse novo recurso é chamado de “media resumption”, algo como “retomada de mídia”.

Uma deslizada curta de cima para baixo na tela mostra um conjunto compacto de controles, enquanto um gesto longo abre uma interface maior, com acesso a alguns botões e controles extras para avançar, retroceder ou curtir, entre outros.

Enquanto isso, na tela inicial, o Google adicionou três novas formas de ícone para aplicativos, incluindo um retângulo com cantos angulares, uma forma arredondada e oval que o Google deu o nome de Pebble e uma outra chamada Vessel, que parece um selo postal.

Junto com as formas Hexagon e Flower encontradas em versões anteriores e algumas das ferramentas de personalização de temas lançadas com o Pixel 4, parece que o Google está procurando dar opções para personalizar a aparência do dispositivo e deixar as coisas um pouco mais interessantes.

Além dessas três novidades de ícones, também existem algumas alterações menores, como personalizar os aplicativos que o iniciador do Android normalmente sugere, um novo submenu para controlar as notificações de bolha, a randomização de MAC aprimorada por Wi-Fi e as configurações de acessibilidade aprimoradas.

Infelizmente, apesar de estar presente no primeiro preview para desenvolvedores (e disponível em várias skins do Android disponíveis no mercado, como a OneUI da Samsung), parece que uma das novas novidades mais esperadas não foi ativada ainda. São as capturas rolantes de tela, que permitem mostrar um pedaço maior da interface de um app.

Não sabemos quando o Google vai remarcar seu evento ou quando o beta estará disponível para mais pessoas. Seja como for, esperamos que o Google envie atualizações nas próximas semanas, portanto, fique atento a mais notícias do Android 11.