Estamos descobrindo muitas coisas curiosas hoje. Primeiro: muita gente que usa Android é homem. Muita gente. Tipo, três quartos de quem usa Android. Segundo: 65% dos que têm iPod Touch são menores de idade. O iPod Touch é o Tamagotchi da nossa década — só que bem mais versátil, e bem mais caro.

Explicar porque o público-alvo de Crepúsculo é maioria entre os usuários de iPod Touch não é difícil: ele é um bom presente, além de ser uma compra sensata para um jovem hoje. Quem tem 17 anos ou menos geralmente depende dos pais, e justificar um iPod Touch é bem mais fácil que um iPhone, mais caro e que precisa de um plano de dados para valer a pena.

Entender porque tantos usuários do Android são homens já é outra coisa. Enquanto o iPhone, iPod Touch e webOS (sistema operacional, entre outros, do Palm Pre) têm divisão por sexo próxima dos 50%/50%, 73% dos que usam Android são homens. O primeiro impulso é dizer que o Android é nerd demais para agradar às mulheres, provável minoria entre os geeks, ou que elas não são "técnicas" o suficiente para curtir o OS do Google. Mas a maioria masculina pode ter outro motivo: o Milestone.

O Milestone é, muito provavelmente, o smartphone com Android que mais vendeu no mundo, ultrapassando um milhão de unidades em cerca de dois meses e meio de vendas. O principal mercado do Milestone são os EUA, onde ele é conhecido como Droid, e olha como foi a propaganda dele:

Pelo vídeo, o iPhone é um brinquedo, e isso é ridículo. E mais: o iPhone é uma mulher, e isso é ridículo. Ou seja, isso pode ser mais uma questão de marketing do que de guerra dos sexos.

A pesquisa da AdMob foi feita via questionários opcionais, oferecidos através de propaganda nos aparelhos com Android, iPhone OS ou webOS, em países de língua inglesa. Segundo a empresa, não foi oferecido qualquer incentivo para participação na pesquisa. [AdMob via ReadWriteWeb via Gizmodo USA]