O Google começou a conferência I/O nesta quinta-feira mostrando logo de cara o que nós queríamos ver: a nova versão do Android. Por enquanto ela se chama apenas “Android M”, e um pequeno preview para desenvolvedores mostrou as novidades da plataforma.

Dave Burke, vice-presidente de engenharia do Google, listou seis recursos modificados com o objetivo de tornar a experiência de uso do Android melhor. O foco desta atualização não está em mudar tudo o que os usuários ainda estão se acostumando no Lollipop (isso para aqueles que já estão com a nova versão da plataforma), e sim aperfeiçoar o que foi feito até agora.

Permissões de apps

A mudança nas permissões de apps já era esperada, e com ela os usuários devem ter um controle bem maior sobre o que um app pode usar no seu smartphone. Até o Lollipop, o usuário recebia uma lista de todos os recursos que o app poderia ter acesso. E você tinha basicamente duas opções: aceitar tudo ou não aceitar nada. Agora não é mais assim: você pode dar acesso à câmera, por exemplo, mas não ao microfone.

Android M

Android M

Além disso, o app pedirá acesso a esses recursos assim que precisar usar alguma coisa. No palco, Burke usou como exemplo as mensagens de voz do WhatsApp: quando você toca o botão para gravar, o app pergunta se pode ter acesso ao seu microfone. A partir daí, sua decisão fica gravada. Mas, claro, você pode mudar: uma opção dentro das configurações do app mostra tudo o que ele quer usar, e tudo o que você permitiu que ele use. Além disso, para facilitar o controle sobre o que usa o que no seu smartphone, você poderá acessar uma lista de apps que têm permissão ao microfone, ou à câmera, por exemplo.

Chrome Custom Tabs

Android M

O Android também vai ganhar as Chrome Custom Tabs, que, basicamente, significa que os apps vão rodar mais próximos ao Chrome. Isso significa que as facilidades do Chrome – como suas senhas salvas, sugestões de auto-completar e segurança de multi-processos serão ampliados também para dentro de aplicativos, além do navegador.

A ligação entre apps fará eles funcionarem melhor ao conversar mais entre si. Isso significa que aquele menuzinho “abrir com” que aparece quando você clica em um link do YouTube no Twitter, por exemplo, vai aparecer com mais frequência. A facilidade aqui é transferir com mais rapidez o conteúdo de um app para outro, dando sempre a opção de abri-lo no app ideal.

Sensor de digitais e Android Pay

Também já era esperado que o Android ganhasse um novo sistema de pagamento móvel, e ele agora é oficial, com o nome de Android Pay. Será um sistema de toque-para-pagar mais parecido com o Apple Pay – o número do seu cartão de crédito jamais será compartilhado com vendedores, e o Google promete que mais de 700.000 estabelecimentos dos EUA já aceitarão ele.

E isso significa que o Google também terá suporte oficial a sensores de impressões digitais. Ele será usado para pagamentos – ao reconhecer que de fato aquele é seu dedo, o pagamento é liberado. Como já acontece com o Apple Pay.

Sensor de digitais no Android M

USB Type-C e melhorias no consumo de bateria

O Android M também será compatível com o conector reversível USB Type-C, o que significa que dispositivos poderão ser carregados até quatro vezes mais rápidos, e ainda dará para usar um tablet para carregar um smartphone (e vice-versa).

Android M Android M

Além disso, a bateria deve dar uma melhorada com um modo chamado Doze. Este recurso percebe quando você passa um bom tempo sem encostar no seu smartphone, e assim diminui a sincronização de apps – e, consequentemente, o consumo de bateria – sem deixar de ficar esperto para coisas alarmes e mensagens que você pode considerar prioritárias. Ou seja, com o Android M o Google promete menos consumo de energia, bateria que deve durar mais, recarga será mais rápida e você poderá usar mais tipos de dispositivos para carregar seu aparelho. Me parece uma vitória para todos.

Doze no Android M

Google Now

O Google Now também vai ganhar algumas coisas novas no Android M. Dê dois toques na tela inicial para indicar ao Google Now que você precisa de alguma ajuda – com isso, você pode criar lembretes rápidos, por exemplo.

Google Now

Disponibilidade

O Android M estará disponível em versão preview para dispositivos Nexus, incluindo o Nexus Play. A versão final da plataforma deve ser lançada mais para o fim do ano.

Atualizado às 15h15