O Android N está cheio de pequenas novidades, e uma delas permite rodar apps em janelas, de forma semelhante ao que o Remix OS vem fazendo.

>>> Um guia do Android N em GIFs: o início de algo notável
>>> As novidades do Android N em detalhes

Segundo o Ars Technica, este modo está em seus primeiros estágios, por isso fica oculto por padrão. Mas, após inserir algumas linhas de código, é possível ver como o Google está tornando o Android mais semelhante a um sistema de desktop.

android n multiplas janelas (1)

Para ativar o modo multijanela, basta entrar no menu Multitarefa e tocar no botão ao lado do X. O app será aberto em uma janela por cima do papel de parede (sem os ícones e widgets da tela inicial). Isso funciona em smartphones e tablets.

android n multiplas janelas (2)

Os apps podem ser arrastados, maximizados ou fechados através da barra de título. Eles ficam agrupados no menu Multitarefa, e você pode deslizar para os lados para fechá-los.

Também é possível redimensioná-los puxando uma das bordas na vertical, horizontal ou diagonal. O app se adapta para mostrar a interface de smartphone ou tablet.

android n multiplas janelas (4)

O Android tem suporte a mouse e, quando você passa o cursor por cima das bordas da janela, ele muda para indicar que ela pode ser redimensionada.

Também é possível fixar um app na lateral, e ter janelas do outro lado:

android n multiplas janelas (3)

O Ars Technica explica que o ambiente de janelas se torna um “padrão” após ser ativado. Por exemplo, se você tocar em Configurações, elas abrem em uma nova janela, sem ocupar a tela inteira. Se você toca em um link no Gmail, o Chrome se abre em outra janela, e assim por diante.

Tudo isso é um sinal de que o Android realmente está sendo preparado para ambientes desktop. Rumores dizem que o Google vai colocar o sistema em laptops após combiná-lo com o Chrome OS.

O Google ainda tem trabalho pela frente. Por exemplo, o gerenciamento de memória ainda não sabe lidar com várias janelas: o YouTube interrompe vídeos se estiver em segundo plano, e abas do Chrome saem da RAM quando você abre muitos apps. E como nota o Android Police, é difícil lidar com muitas janelas porque não há uma barra de tarefas ou dock para agrupá-las.

Esperamos ver mais novidades sobre isso na conferência Google I/O, prevista para maio. Pelo visto, o Android está literalmente se transformando no novo Windows.

[Ars Technica via Android Police]

Imagens por Ars Technica, Android Police e Lifehacker; atualizado em 23/03