No Google Play, poucos apps são pagos – só 16% em um total de quase 1,4 bilhão, de acordo com a AppBrain. Se você queria gastar alguns trocados neles, mas estava receoso, eis uma boa novidade: o Google oficializou uma nova regra de reembolso.

Antes, você tinha até 15 minutos para devolver um app pago. Agora, esse período aumentou: “após comprar um app ou um jogo no Google Play, é possível devolvê-lo em até duas horas para receber um reembolso total”. O valor será estornado no seu cartão de crédito (o IOF também).

Em agosto, o Android Police já conseguia fazer o reembolso de alguns apps duas horas após instalá-los. Mas só esta semana, o Google atualizou a página de suporte para oficializar isto – basta abrir o Google Play e tocar no botão “Reembolso” dentro do prazo.

O artigo também lembra algo que vale desde sempre: “Se você receber o reembolso de um app durante o período de duas horas para devolução e decidir comprá-lo novamente, não será possível receber um segundo reembolso por ele”.

Nos saudosos tempos em que o Google Play ainda se chamava “Android Market”, os usuários tinham 24 horas para pedir reembolso por apps pagos. Os desenvolvedores reclamaram – é tempo demais! – e o Google resolveu limitar isso para 15 minutos. Agora a regra mudou de novo, e parece um meio-termo melhor.

Mas e no caso de compras in-app, como itens virtuais de um jogo, ou recursos premium? Bem, aí não é tão simples: você precisa preencher este formulário do Google para pedir o reembolso. Não há prazo máximo – a regra de duas horas não vale aqui – mas cabe ao Google e ao desenvolvedor decidir se o reembolso será feito.

A maioria dos desenvolvedores acaba usando anúncios ou transações in-app para rentabilizar seus apps gratuitos no Android. Mas quem quiser apoiar bons apps pagos terá mais um incentivo para fazê-lo – ou assim espero. [Ajuda do Google Play via Android Police]