O Solar Impulse, um avião alimentado por energia solar com uma envergadura de asa maior do que a de um Boeing 787, completou seu primeiro voo de verdade, um grande marco no caminho de seu objetivo: voar ao redor do mundo em 2012.

Em dezembro, o avião deixou o solo pela primeira vez, mas apenas por 28 segundos. O último voo teve quase 90 minutos e foi o seu primeiro voo de teste real. Seus criadores ficaram satisfeitos com os resultados. Bertrand Piccard, o fundador o programa Solar Impulse, disse: “87 minutos de emoção intensa após sete anos de pesquisa, testes e perseverança. Nunca um avião tão grande e leve voou antes!”

O objetivo final do projeto, um voo ao redor do mundo, está planejado para 2012, mas testes ainda neste ano tentarão derrubar o próximo grande obstáculo: voar à noite. [Wired]