A revista, chamada Inspire, relata que “aparentemente se discutiu a possibilidade de usar um trator ou um caminhão de fazenda em um ataque, repleto de facas ou espadas, como em uma máquina de morte assustadora”, disse o funcionário. “Bin Laden disse que ele não endossava a ideia. Ele reagiu surpreso. Ele reclamou que a proposta da tática promoveria um massacre indiscriminado. Ele disse que era contra e que isso não era algo que refletia o que a al Qaeda queria”.

Jogar aviões em arranha-céus? Divino. Massacres com caminhões monstruosos? Ruim. Eita. [ProPublica via Wired]