O Facebook, em uma atitude rara, começou a liberar uma nova função que não destrói conceitos de privacidade nem deixou todo mundo revoltado. A ideia parece assustadora — pessoas que não são suas amigas poderão ler suas atualizações — mas só participa quem quer! Obrigado, Mark.

O botão Subscribe significa que você pode seguir (OLÁ, TWITTER) pessoas “interessantes” que não estão na sua lista, como Mark Zuckerberg e outras figuras públicas. Você também pode configurar sua conta para ser seguível, escolhendo quais atualizações serão públicas.

Basicamente, se você não está nem aí para isso, você não precisa fazer nada — é como se a novidade não existisse. E, bem, todas as coisas do Facebook deveriam funcionar assim. Espero que o Facebook tenha aprendido com seus erros do passado e concluído que nem todo mundo quer participar dessa orgia de compartilhamento da vida que o site propõe.

Mas, sobre a função, o Facebook Pages não serve exatamente para isso? Por que a Beyoncé deixaria sua conta ser seguida se ela tem uma página própria para seus fãs? Por que qualquer pessoa minimamente famosa não faria a mesma coisa? Quem quer estranhos lendo o que é dito, se não no Twitter? Você quer? [Facebook]