O jornal líbio Quryna informa que um caça Sukhoi Su-22 ‘Fitter’ caiu. De acordo com a reportagem, o acidente aconteceu bem próximo a linha do mar, ao oeste da cidade de Ajdabiya — a 160 quilômetros de Benghazi. A razão: a equipe ejetou após se recusar a bombardear civis em Benghazi. O piloto — um coronel — e o copiloto estão bem.

Esse é o terceiro incidente com aeronaves durante a revolta popular contra o ditador Gaddafi. No primeiro, dois Mirage F1 apresentaram defeito e pousaram em Malta. Dois helicópteros SuperPuma também escaparam para Malta. Ninguém sabe ao certo por que o piloto do Su-22 ejetou e deixou seu avião cair em vez de tentar alcançar Malta, mas do jeito que as coisas andam, a Força Aérea da Líbia ficará sem aeronaves rapidinho. [Quryna—em árabe]