“Minha melhor amiga é um senhora de 81 anos que vive em uma casa de repouso na Flórida”. Você dificilmente acreditaria que essa frase saiu da boca de um rapper de 22 anos, mas foi exatamente isso que aconteceu, e a inesperada amizade nasceu de uma maneira ainda mais imprevisível: no jogo para celulare Words With Friends.

Spencer Sleyon, um jovem rapper, é morador do East Harlem, um bairro de Nova York cuja população é formada majoritariamente por latino-americanos. Rosalind Guttman, uma senhora de 81 anos, mora em uma casa de repouso em Palm Beach, na Flórida. E o que eles têm em comum? Quase nada, mas isso não os impediu de se tornarem grandes amigos.

Conforme narra a New York Times, a amizade dos dois nasceu na metade de 2016, quando o jogo Words With Friends os selecionou aleatoriamente para jogar um contra o outro – jogando diariamente, eles completaram mais de 300 partidas juntos.

Apesar de no início apenas jogarem, com o passar dos dias (e das partidas) eles começaram a usar a função de chat do aplicativo para conversar sobre táticas do jogo e o dia a dia, como “detalhes sobre suas vidas, incluindo os planos dele de se mudar de Silver Spring, em Maryland, para Nova York para perseguir seu sonho de uma carreira musical”, como explica a New York Times.

Com o aumento de seus afazeres diários, ficou cada vez mais difícil continuar com as partidas diárias, o que fez Sleyon deletar o app – mas não sem antes dar adeus a senhora Guttman.

Em outubro deste ano, o rapaz se mudou para Nova York e decidiu reinstalar o jogo, imediatamente se reconectando com sua amiga idosa.

O encontro

Viajar para a Flórida apenas para conhecer a senhora Guttman não fazia parte dos planos de Sleyon. Isso só aconteceu após a mãe de um amigo do rapaz, a pastora Amy Butler, o ouvir falando sobre a senhora Guttman.

Amy, pastora de uma igreja em Manhattan, queria contar a história dos dois, e, depois de uma ligação a senhora Butler, decidiu que  seria necessário fazê-los se encontrar pessoalmente para terminar essa história.

No encontro, apesar de terem pouco tempo para conversar — um almoço rápido e um pequeno passeio em Palm Beach — Amy explica que foi como se eles estivessem “magneticamente atraídos”.

“Ano passado eu aleatoriamente conheci esta mulher de 80 anos no Words With Friends. jogamos mais de 300 partidas juntos e ela acabou se tornando uma boa amiga. hoje fui à Flórida conhecê-la pessoalmente”. 

Sleyon contou aos repórteres que muita gente online o agradeceu pelas imagens, dizendo que precisava de uma história como esta, especialmente no momento político que os EUA atravessam. A senhora Guttman, por sua vez, não quis conversar com a mídia, dizendo não entender o motivo da comoção, e que “as pessoas deveriam se comportar dessa forma com os outros o tempo todo”, segundo Amy.

[New York Times]

Imagens: Amy Butler