Tiny Tower para iOS é grátis – apesar de ter a opção de compras dentro do app – e absolutamente viciante e adorável. Os gráficos pixelados 2D da torre que você constrói com carinho, andar por andar, são excelentes para quem curte um visual retrô, além de ter diversas piadinhas sobre jogos e até um “Facebook” dos moradores. Encare este app como o Tamagochi mais legal (perigoso, talvez?) que você poderia ter no seu celular.

À primeira vista, o jogo é bem similar ao clássico Sim Tower. Mas nesse aqui há uma única torre e um único elevador. Você faz o papel de dono do prédio (construindo novos andares e fazendo o zoneamento), ascensorista (levando os bitzens – pessoas pixeladas – para o andar que querem ir), locatário (despejando os bitzens inúteis ou com status ruins), e chefe (atribuindo emprego a cada um dos moradores). Você faz andares, para gerar dinheiro e construir mais andares, ad infinitum.

Você também pode acompanhar o Facebook (Bitbook) dos moradores da sua torre. Alguns falam coisas engraçadas que dá até vontade de “curtir” ou repetir no twitter, outros falam bastante bobagem – tipo o Facebook de verdade, mas sem as fotos constrangedoras de gente bêbada.

http://www.youtube.com/watch?v=VXGUENy7G4c

O mais interessante deste jogo que tem se tornado um bocado popular é o quanto que há gente com medo do vício, ou deletando o app para não gastar mais tempo. Há um bocado de culpa envolvida na administração da fofura dos bitzens. Mas pensando bem, se Tiny Tower é algo tão legal assim, por que eu me sinto culpada de perder tempo nele? Eu não me culpo por ter perdido muitas madrugadas de sono pra jogar WoW. Eu não sinto que eu perdi tempo jogando PS3, Xbox ou até mesmo algum game bobo de Wii. Por que esse app me traz culpa? Bem, talvez porque eu me dei conta que ele não é um jogo propriamente dito.

Como eu falei lá em cima, para perder a culpa você tem encarar o app como o Tamagochi mais legal que você poderia ter no seu celular: você vai ver algumas briguinhas (bem superficiais) entre os moradores da sua torre, assim como colegas de quarto de verdade provavelmente teriam. Você verá os moradores ficando felizes porque acaba de inaugurar uma nova loja na torre, ou putos da vida porque você acabou de mandar que um deles trabalhasse em um lugar que eles não gostam.

Existem até mesmo achievements por fazer X andares, e conseguir Y moradores, ou abastecer certos estabelecimentos. Você pode ver a altura da torre dos seus vizinhos – amigos que também estejam usando o app – e competir para ver quem consegue construir a torre mais alta. Tudo isso é divertido e viciante, e pode ser excelente se você não tiver nada melhor pra fazer, mas…eu tinha. E gastei muito mais tempo do que deveria nesse app, chegando a 36 andares antes de finalmente desistir.

Mas eu não estava sozinha nesse vício. Segundo o TouchArcade, até o fim do mês passado mais de 18 milhões de sessões já foram jogadas, com um tempo médio de 9,3 minutos, totalizando 320 ANOS de Tiny Tower.

Porém, se você está de férias de tudo, visitando algum lugar tedioso, e não tem absolutamente nada melhor pra fazer, jogue. É fofo, é divertido, é pixelado e grátis.

Tiny Tower [iTunes]