O Natural Cycles é um aplicativo feito para ajudar as mulheres a calcularem o período fértil, para assim evitar uma gravidez indesejada. No entanto, o app está sendo apontado como “culpado” por pelo menos 37 gestações.

O real motivo pelo qual um estudo sobre anticoncepcional masculino foi interrompido
Uma mulher na Austrália realmente engravidou duas vezes em dez dias?

A investigação sobre as gravidezes indesejadas começou na Suécia e foi reportado pela publicação local SVT. Segundo o site, um hospital em Estocolmo recebeu 37 pacientes pedindo para abortar após engravidarem enquanto usavam o Natural Cycles. O aplicativo, que é certificado pela União Europeia como uma forma de controle de natalidade, foi denunciado pelo hospital para o órgão de saúde local, o MPA (Medical Product Agency).

O uso apropriado do aplicativo consiste em tirar medidas com um termômetro basal logo pela manhã e incluir a informação no app. Com os dados da usuária, o Natural Cycles usa algoritmos para determinar quando uma mulher está em período fértil. Este tipo de opção (quando funciona) é particularmente interessante, pois evita o uso de métodos contraceptivos como a pílula, que costuma causar efeitos colaterais, como dor de cabeça e náusea.

Em um comunicado enviado ao The Verge, a desenvolvedora do app disse que está em contato com o MPA e que não recebeu informações do hospital sueco, que foi o responsável pela denúncia. Além disso, a companhia disse o seguinte:

“Nenhum método anticoncepcional é 100% efetivo, e gravidez indesejada é um risco lamentável de qualquer método contraceptivo. O Natural Cycles tem um Índice de Pearl [fórmula que calcula eficácia de um método contraceptivo] número 7, o que significa que tem 93% de eficácia utilizando-o corretamente.

A princípio, os números mencionados pela mídia não nos surpreende, dada a popularidade do app e nossas taxas de eficácia. Como nossa base de usuários têm crescido, então aumentará a taxa de gravidezes indesejadas de usuárias do app Natural Cycles, o que é uma realidade inevitável.”

O aplicativo contabiliza mais de 700 mil usuários em todo o mundo. Agora, resta saber se houve algum problema com app, se esse alto número de gravidezes foi causada pelo mau uso do app ou se tudo é mero acaso estatístico.

[The Verge]

Foto do topo por Natural Cycles