Seis aplicativos foram removidos da loja Google Play depois que uma investigação do Buzzfeed descobriu que eles estavam envolvidos em fraude de anúncios. Os aplicativos, todos vinculados ao DU Group, desenvolvedor de aplicativos chinês, estavam clicando de forma fraudulenta em anúncios e não revelaram aos usuários que estavam também enviando seus dados para a China.

Coletivamente, os aplicativos do Grupo DU somam mais de 90 milhões de downloads. Isso inclui o aplicativo enormemente popular Selfie Camera, que tem mais de 50 milhões de downloads. Pesquisadores descobriram que esse aplicativo tinha um código que não apenas clicava em anúncios para gerar receita sem o consentimento do usuário, como também conseguia fazer isso sem a execução do aplicativo. Isso é uma enorme sucção de bateria e uma violação flagrante da política da Google Play.

Quando contatado pelo Gizmodo, um porta-voz do Google confirmou que os seis aplicativos foram suspensos da Google Play por violações de políticas, incluindo fraude de anúncios.

Vai também contra a política de desenvolvedor do Google ocultar uma conexão de aplicativos com seu desenvolvedor, o que os aplicativos do DU Group fizeram, e não informar aos usuários que seus dados estão sendo coletados e compartilhados. Todos os seis aplicativos sinalizados por envolvimento em fraude de anúncios — Selfie Camera, Omni Cleaner, RAM Master, Smart Cooler, Total Cleaner e AIO Flashilight — foram colocados na lista negra.

“Além das questões de conformidade legal, as empresas precisam parar de explorar os dados das pessoas”, disse Frederike Kaltheuner, líder do programa de dados da Privacy International, ao Buzzfeed. “O que acontece com seus dados é importante, porque eles podem ser usados contra você ou para fins com os quais você discorda fundamentalmente. No momento, muitas vezes você precisa ser um especialista para entender o que acontece com seus dados — com quem e para quem eles são compartilhados, vendidos e explorados. Esse é um grande problema.”

[Buzzfeed News]