Demorou, mas aconteceu. Pelo menos por uma métrica, por pelo menos um instante – isso pode mudar amanhã – a Apple é agora maior que a Microsoft. O valor de mercado da empresa de Jobs passou a Microsoft hoje, apenas dois meses depois de encostar no Walmart.  Os últimos dados do Google Finance colocam a Apple com valor de mercado de U$225.8 bilhões contra 225.32 bilhões da Microsoft.

Essa diferença pode mudar amanhã, já que hoje as ações da Apple aumentaram 3 dólares, enquanto as da Microsoft perderam 25 centavos americanos de seu valor. Mas é cada vez mais claro que a distância entre as concorrentes diminui e que um encontro das linhas estava para acontecer.

Para se ter uma ideia, no dia 4 de maio de 2000, a diferença entre as duas empresas era quase uma piada. Enquanto o reino da Microsoft valia nada mais nada menos do que 590 bilhões de dólares, o pessoal da maçã vivia uma crise feia, com a empresa valendo humildes 16 bilhões de dólares. Ela era apenas a 339ª empresa na lista das mais valiosas. Hoje, se ela sair das cinco mais ricas dos EUA, é sinal de crise.

Junte isso com a crescente venda de iPads, que pode aumentar ainda mais o valor de mercado da Apple e com o mergulho tardio da Microsoft no mundo dos smartphones com o Windows Móbile 7 e teremos um cenário nada agradável para o pessoal de Redmond. Acho que é uma boa hora para fazer uma nova tirinha da conversa de Jobs com Gates, não? [Google Finance via TechCrunch]