A batalha judicial entre Apple e Samsung continua. Desta vez, a Apple conseguiu proibir as vendas do Samsung Galaxy Tab 7.7 em toda a União Europeia, por infringir patentes de design registradas em 2004.

Uma corte alemã proibiu o Tab 7.7 em toda a UE, estendendo a decisão feita ano passado de banir o tablet na Alemanha. Por um lado, isso é meio ridículo. Como diz a Samsung:

Se a Apple continuar a fazer acusações na Justiça baseada em tal patente genérica de design, a inovação e o progresso em design na indústria podem ser restringidos.

Isso faz sentido, e a Apple precisa parar de ser uma troll de patentes. Por outro lado, usar o mesmo design genérico não é exatamente “inovação e progresso”. Há muitos exemplos de tablets com design claramente diferente do iPad, inclusive na própria Samsung.

É o caso do Galaxy Tab 10.1N: a Samsung fez este tablet para driblar acusações da Apple na Europa. E deu certo: a Apple o acusou de violar seu design, mas agora a corte alemã decidiu a favor da Samsung – o Galaxy Tab 10.1N está liberado.

Só que a proibição do Tab 7.7 deve causar confusão no Reino Unido: lá, a Justiça determinou que a Samsung não violou patentes de design em três tablets, incluindo o Tab 7.7. Além disso, o juiz obrigou a Apple a publicar nota no próprio site dizendo que a Samsung não copiou o iPad. Vamos ver no que isso vai dar. [Web Wereld via The Next Web]