A Apple acaba de obter a patente para o uso de câmeras fotográficas em relógios inteligentes. Isso significa que a empresa considerou (ou ainda considera) a possibilidade de oferecer o recurso de captar fotos pelo relógio.

De acordo com o site Patently Apple, em junho de 2019, a empresa da maçã registrou a patente para o uso de uma câmera rotativa no gadget vestível. Na última terça-feira (31), o Escritório de Patentes e Marcas Registradas dos EUA concedeu essa patente à Apple.

Segundo imagens divulgadas da patente, a câmera é instalada na coroa do relógio, permitindo que o usuário possa fazer fotos enquanto o dispositivo estiver no pulso. Para isso, bastaria apontar a mão na direção da cena para capturar a imagem. Além disso, se desejar, o usuário pode remover o relógio da pulseira para utilizar a câmera com maior liberdade.

A patente descreve ainda que o relógio teria um emissor de luz que ajudaria na hora de tirar fotos em condições de pouca luz. O mesmo emissor seria utilizado para iluminar o pulso para detecção fisiológica.

Imagem: Patently Apple/Reprodução

Novo Apple Watch terá a câmera?

O conceito não é algo novo. Em 2013, a Samsung lançou o Galaxy Gear, que tinha uma câmera integrada à pulseira do relógio. Porém, a novidade não foi um grande sucesso, e os mais novos smartwatches da sul-coreana, assim como das empresas rivais, abandonaram o recurso.

Por mais que a ideia seja interessante, o fato da Apple registrar a patente não significa necessariamente que a câmera será lançada de fato

Quanto ao novo modelo da linha Apple Watch, rumores apontam que ele terá um design novo — incluindo uma tela plana –, além de novos recursos relacionados à saúde. A expectativa é que o lançamento do novo gadget ocorra em setembro.