Com o Google já mudando o Google I/O para um formato online por causa do COVID-19, a Apple agora prometeu fazer o mesmo para a WWDC 2020.

Embora a Apple ainda não tenha divulgado uma data específica para a WWDC (até agora a empresa mencionou apenas um período geral de junho), a fim de impedir a disseminação do COVID-19, ela diz que o evento “assumirá um formato online totalmente novo, repleto de conteúdo para consumidores, imprensa e desenvolvedores”.

Como nos eventos anteriores da WWDC, a conferência deste ano ainda visa ajudar a conectar e educar os desenvolvedores da Apple, além de oferecer ao público uma prévia dos novos recursos do iOS, macOS e muito mais.

Embora a mudança no formato possa não ser o ideal, o vice-presidente sênior da Apple, Phil Schiller, diz: “A situação atual de saúde exigiu a criação de um novo formato para a WWDC 2020 que ofereça um programa completo com palestras e sessões online, oferecendo uma ótima experiência de aprendizado para toda a nossa comunidade de desenvolvedores, em todo o mundo. Compartilharemos todos os detalhes nas próximas semanas”.

Além disso, a fim de ajudar negócios locais na área de San Jose, que normalmente receberiam um impulso graças ao fluxo de desenvolvedores e outros participantes do setor, a Apple disse que doaria US$ 1 milhão para compensar as perdas de receita causadas pelo novo formato online da WWDC.

Normalmente, a WWDC é realizada em junho, embora não esteja claro se a alteração no formato ou os atrasos causados ​​pela propagação do COVID-19 terão um impacto no cronograma tradicional de lançamento de outono da Apple, quando a empresa costuma lançar novos iPhones.

Para quem planeja participar da WWDC 2020, a Apple diz que fornecerá mais informações entre agora e junho por e-mail, pelo aplicativo Apple Developer e pelo site Apple Developer.