Há anos, circulam rumores de que a Apple estaria se preparando para lançar uma TV. Segundo o Wall Street Journal, a empresa realmente passou um bom tempo fazendo isso – porém desistiu.

O WSJ diz que a Apple experimentou diversas tecnologias para tornar sua TV diferente das outras, só que encontrou muitos obstáculos ao longo do caminho, e abandonou o projeto há mais de um ano.

De acordo com o jornal, eles criaram uma tela que ficava transparente quando desligada, e que usava lasers para exibir as imagens. Infelizmente, ela consumia muita energia e a qualidade de imagem não era boa.

Depois, a Apple aparentemente quis apostar em telas 4K antes de elas se tornarem mais acessíveis – só que elas eram extremamente caras na época, inviáveis para um lançamento. A empresa também teria colocado câmeras na TV para fazer videochamadas por FaceTime, mas isso não seria o bastante para diferenciá-la no mercado.

Agora, segundo o WSJ, a Apple está concentrada em criar um serviço online de TV, reunindo canais tradicionais em um pacote exclusivo para iDevices. Ele pode ser anunciado em junho, durante a WWDC. A caixinha Apple TV também deve ser atualizada; ela não recebe novidades desde 2012.

TV da Apple e dispositivos

Os rumores de uma “Apple iTV” correm há muito tempo. Alguns analistas de mercado (como o famigerado Gene Munster) prometiam, desde 2010, que a Apple lançaria uma TV.

Mas os rumores só ganharam credibilidade no ano seguinte, após o lançamento da biografia de Steve Jobs: “ele queria muito fazer para a televisão o que ele fez para os computadores, MP3 players, e celulares: deixá-la simples e elegante”, escreveu Walter Isaacson.

Alguns dias depois, o New York Times disse que grandes partes de um protótipo para uma TV foram vistas na empresa, e ela usava a Siri como controle remoto.

gizmodo_apple_hd_television

Em 2012, os boatos começaram a fervilhar. Tim Cook disse em fevereiro daquele ano que continuava apostando na caixinha Apple TV porque “nós sempre achamos que havia algo aí” – eles só precisavam de “algo que possa chegar a um mercado principal para ser uma categoria séria”.

Em maio, Terry Gou, presidente da Foxconn, aparentemente confirmou à imprensa chinesa que estava trabalhando para fabricar a TV da Apple. Ela teria corpo em alumínio, controles por voz com a Siri, e videochamadas por FaceTime. Gou depois desmentiu isso.

Em dezembro, o Wall Street Journal disse que a Apple estava trabalhando com a Sharp e a Foxconn a fim de testar designs para uma nova TV. E os rumores confiáveis acabaram aí.

Em 2013, a Apple já parecia mais dedicada a criar um serviço próprio de TV. Rumores diziam que você poderia pular os anúncios se fosse assinante, por exemplo. É uma empreitada difícil: a Intel tentou fazer algo semelhante, e não conseguiu.

A ideia de uma TV da Apple parece meio absurda hoje em dia: a concorrência é enorme, e as margens de lucro são mínimas. Mas rumores absurdos sobre a Apple não vão morrer tão cedo: dizem que ela está preparando um carro autônomo. Lá vamos nós de novo. [Wall Street Journal via VentureBeat]

Foto por Harrison Weber/Flickr