Apple encomenda série de ficção científica baseada em clássico de Isaac Asimov

Um dos principais trabalhos de ficção científica está finalmente sendo levado às telas. Apos anos de especulação, tanto no cinema como na TV, Fundação, do escritor norte-americano Isaac Asimov, vai se transformar em uma série de dez episódios encomendada pela Apple, segundo informa o Deadline. • Monument Valley vai virar filme com direção de vencedor […]

Um dos principais trabalhos de ficção científica está finalmente sendo levado às telas.

Apos anos de especulação, tanto no cinema como na TV, Fundação, do escritor norte-americano Isaac Asimov, vai se transformar em uma série de dez episódios encomendada pela Apple, segundo informa o Deadline.

Monument Valley vai virar filme com direção de vencedor do Oscar
Veja onde alguns dos mais famosos autores de ficção científica escrevem suas obras

A companhia comprou os direitos da obra no início do ano, que contará com a produção executiva de David S. Goyer (escritor de “Batman: Cavaleiro das Trevas) e Josh Friedman (de “O Exterminador do Futuro: As Crônicas de Sarah Connor”). A empresa Skydance, responsável pelas franquias “Exterminador do Futuro”, “Missão Impossível” e “Jornada nas Estrelas”, também participará da produção.

A série Fundação é baseada em uma série de romances do lendário escritor que contam a história vasta e abrangente de um grupo de pessoas trabalhando pelo universo para preparar a humanidade para um iminente queda de um Império Galático, que atualmente está regendo a galáxia.

Antes que você fale “Império Galático é cópia de Star Wars”, a história da série Fundação começou em 1942 e os romances terminaram em 1951. Portanto, a inspiração da famosa série fio na obra de Asimov.

Goyer e Friedman são comprovadamente bons ao lidar com franquias complexas. Então, se a Apple está investindo em Fundação com tais profissionais, existe grande potencial para que resulte em algo do nível Game of Thrones ou Westworld.

Imagem do topo: montagem com capas da série Fundação, de Isaac Asimov, feitas pelo artista Michael Whelan. Crédito. Bamtam Books/Digital Trends

Sair da versão mobile