Bem, tudo faz sentido. A Apple está tentando tornar o iCloud mais útil — o que é ótimo — e está integrando o serviço com o iWork. O novo pacote, iWork for iCloud, funciona quase da mesma maneira que nas versões anteriores, mas com uma ressalva:você usa o Pages, Numbers ou Keynote no navegador e tudo fica salvo na nuvem em vez de no seu disco rígido. O novo iWork também funciona melhor com o Microsoft Office — um esforço nobre — e acrescenta funções que melhoram a maneira com que ele lida com outros formatos. Talvez a coisa mais impressionante seja a rapidez do app do Keynote, que permite que você crie e edite apresentações e até mesmo adicione animações dentro do browser e acesse os arquivos onde estiver. Funciona também no Windows e no Chrome — muito bom trabalho, rapazes.

Esta é, obviamente, uma tentativa de atacar Google e Microsoft, que até agora mandavam nos pacotes de aplicativos de escritório. Se o iCloud conseguir não ser tão bugado como sempre foi, pode ser uma boa jogada da Apple nessa área. O novo iWork começa a ser distribuído hoje e estará acessível para todos até o fim do ano.