Rumores apontam que a Apple pode descontinuar o MacBook Air – e bem quando ele está prestes a fazer dez anos. Caso isso se torne realidade, será a primeira vez que a companhia se desfaz de uma linha de notebooks desde o iBook e Powerbook, que foram descontinuados em 2006. Mas sem choro, porque já está passando da hora de dar um fim ao Air.

Procon-SP tenta notificar Apple, mas leva o famoso drible
Apple trocará bateria pelo preço reduzido mesmo se ela estiver saudável



A Apple silenciosamente matou o MacBook Air de 11 polegadas em 2016, mas a versão maior, de 13 polegadas, continuou a ser comercializada, ganhando até mesmo um processador um pouco melhor no ano passado. Mas só pouco mesmo, porque o CPU da Intel que escolheram para o computador ainda é da quinta geração, o que são três gerações anteriores à presente nos competidores do MacBook Air.

As entranhas dessa máquina são anciãs!

Mas ele ainda é o laptop da Apple mais barato que você pode comprar, e pessoas com pouco dinheiro e a necessidade de ter um MacBook ainda o compram – mesmo com um MacBook Pro, que é tão fino quanto ele, mas significantemente mais poderoso, custando apenas algumas centenas de dólares a mais.

Com sorte, isso deve mudar em breve. Segundo informações da Digitimes, a General interface Solution, uma fabricante de painéis de toque com sede em Taiwan, está a espera de um grande pedido de displays LCD da Apple. O que, de acordo com as fontes do site, serão utilizados em um “MacBook de entrada de 13 polegadas”.

O MacBook foi o notebook de entrada da Apple quando a companhia o apresentou como um substituto para o iBook em 2006. Com o passar do tempo, o aparelho foi aos poucos dando lugar ao MacBook Air, que começou sendo vendido como um laptop elegante, superfino e caro (da mesma forma que o atual MacBook) antes de se tornar um produto de entrada que hoje é facilmente encontrado em redações de jornais e blogs.

Então, aposentar o Air para dar espaço a um MacBook mais barato faz sentido. O que é surpreendente nessa história é que o MacBook de entrada seria um laptop de 13 polegadas; o atual MacBook, que custa a partir de US$ 1.300 (R$ 9.800 no Brasil), é um dispositivo de 12 polegadas. Normalmente, quanto menor o laptop, mais barato ele é. E esse detalhe é uma razão para sermos um pouco cético com o rumor.

O burburinho de um novo e mais barato MacBook de 13 polegadas pode não fazer muito sentido no momento, mas os papos do fim do MacBook Air certamente fazem. Passou da hora de a Apple colocar esse produto para dormir.

[DigitimesMacrumors]