A Apple confirmou hoje que fará um evento dia 1º de setembro, com essa imagem que diz muito sobre a pauta. O evento, em San Francisco, deve revelar algum dos rumores mais recentes que envolvem a empresa, grande parte deles sobre novos iPods. Mas, podemos esperar a AppleTV?

Como o convite dá a entender que falaremos muito sobre música no primeiro dia de setembro, a maior possibilidade é do lançamento da nova linha de iPods. E se você acha que isso pode não ser tão empolgante, melhor pensar duas vezes: rumores indicam que o novo iPod touch terá câmera frontal, para brincar de FaceTime também, além de nova configuração – novo processador, mais espaço interno – e possivelmente um design mais próximo ao do iPhone 4. Há a expectativa que a tela também tenha a mesma resolução de seu irmão que telefona. Já nos iPods mais clássicos, a expectativa é pelo novo iPod Shuffle, que teria uma tela com míseros 3 centímetros de largura por 3 centímetros de comprimento. 

Ainda no mundo da música, outro rumor que pode se tornar real é o tão aguardado iTunes Live, que seria o grande passo da Apple para adentrar no mundo da nuvem. A informação veio do Boy Genius Report, e relata um novo sistema com sincronia de arquivos pela rede sem fio – ou o possível fim do maldito cabo branco – e streaming de vídeos e música. Seria possível também espalhar via Wi-Fi os arquivos de mídia de seu computador da maçã para todos os dispositivos que comecem com i na sua casa.

Dentre as possibilidades, a chegada da nova AppleTV de 99 dólares, rebatizada como iTV e com as entranhas de um iPhone 4 – CPU A4 e 16 GB de espaço interno – é a menos provável, já que os rumores sobre o aparelho são muito recentes, e não conseguimos conectar muito bem a questão da música com a TV. Ainda sobre a AppleTV, outro rumor indica que nenhum aparelho novo será lançado, mas sim um novo sistema de venda de programas por 99 centavos nos EUA, para tentar reerguer o império que não deu certo.

O nosso único e gigantesco medo é que o evento tenha a ver com uma estranha visita recente à sede da Apple: Lady Gaga, a cantora muito louca que já andou brincando de ser diretora de criação da Polaroid, apareceu em Cupertino há poucos dias. Não, não queremos imaginar o que isso pode significar. E, sim, se ela subir ao palco ao lado de Jobs, o dia primeiro de setembro ficará marcado como o dia em que o mundo entrou em colapso.