A Apple postou em seu site que “oficialmente reconhece” o bug do ano 1970 no iOS: se você configurar um iPhone, iPad ou iPod Touch para uma data anterior a maio de 1970, ele não consegue mais fazer boot.

Uma pegadinha do fórum 4chan diz que, se você mudar a data de um iPhone para 1º de janeiro de 1970, ele exibe um logotipo retrô da Apple. Na verdade, ele fica travado no logotipo atual.

Para reverter a data, é preciso deixar a bateria acabar sozinha, o que pode demorar: a maioria dos dispositivos desliga em 3% de bateria porque mantêm energia para o relógio interno. Fazê-lo chegar a 0% pode levar alguns dias.

O fórum da Apple sugere outra alternativa: ativar o modo DFU e restaurar o aparelho, apagando todos os dados (eles podem ser recuperados depois a partir de um backup). No entanto, este método não funciona para todo mundo.

Por isso, a Apple recomenda que usuários afetados entrem em contato com o suporte. A assistência técnica pode remover a bateria e, assim, resetar o relógio interno.

Segundo o 9to5Mac, o bug não afetou só usuários que caíram na pegadinha:

… este erro causou uma grande dor de cabeça para funcionários da Apple Store na última semana, porque algumas pessoas mudaram intencionalmente a data de iPhones e iPads de demonstração nas lojas para quebrar os produtos.

A Apple vai lançar uma atualização de software para impedir que esse bug insidioso prejudique mais pessoas. Ela só não diz quando: o update pode chegar de forma urgente, ou acompanhar o iOS 9.3 – cuja versão final será lançada em março.

A Apple também não diz o que está causando a falha. Acredita-se que isso tenha a ver com o horário Unix: o iOS exibe o tempo contando a quantidade de segundos desde o início da era Unix (1/1/1970). Se você redefine a data para 1º de janeiro de 1970, o valor se torna 0. Ao exibir mensagens antigas, o sistema gera valores negativos, o que provoca travamentos.

[Apple via 9to5Mac]

Foto por dangquocbuu/Pixabay