Em abril, o Google inaugurou nos EUA o Project Fi, uma operadora móvel exclusiva para usuários do Nexus 6. Agora, rumores dizem que a Apple tem um projeto semelhante – a empresa, no entanto, nega.

Segundo o Business Insider, a Apple está em negociações para lançar um serviço de MVNO (operador de rede móvel virtual): ela estaria realizando testes nos EUA, e estaria em negociações na Europa com empresas de telecomunicações.

Assim como todo MVNO, a Apple não instalaria torres de celular pelo país: ela usaria a infraestrutura já existente de uma ou mais operadoras. No caso do Project Fi, o Google usa as redes das operadoras Sprint e T-Mobile, além de Wi-Fi – isso garante que você tenha sempre a melhor conexão possível.

Segundo o BI, o usuário pagaria à Apple por pacotes de dados, ligações e mensagens de texto. Um chip especial iria alternar entre diferentes operadoras para obter o melhor serviço.

A ZDNet explica os possíveis motivos para a empresa apostar nisso:

O que a Apple ganharia com um MVNO? Mais controle e mais receita. A Apple já é a única empresa cuja linha inteira de celulares ignora operadoras quando se trata de atualizações de software. Ela quer controlar o máximo de experiência final do usuário – se não toda ela – quanto possível… Além disso, a Apple iria depender ainda menos das operadoras para a venda de aparelhos.

A Apple, no entanto, negou que pensa em entrar nesse mercado: “nós não discutimos nem temos qualquer plano de lançar um MVNO”, disse a empresa em comunicado à Reuters.

Rumores sobre uma operadora da Apple circulam há anos. Em 2006, a empresa registrou uma patente para um serviço de MVNO, e pediu para estendê-la algum tempo depois.

E em 2012, um analista dizia que a Apple se preparava para assumir o papel de provedor de uma operadora: “a empresa planeja oferecer serviços de dados nos iPads, e depois vender planos de dados e de roaming internacional para usuários do iPhone”, disse Whitey Bluestein na época.

Nem todo projeto da Apple se torna um produto para consumidores – lembra-se da TV deles? E mesmo que a operadora vire realidade, isso iria demorar: “fontes de telecomunicações dizem que a Apple… pode demorar pelo menos cinco anos para lançar plenamente o serviço”, diz o BI.

Até lá, é capaz de vermos o Apple Car também. [Business Insider via ZDNet]

Atualizado às 13h04