Há um tempo, falamos que a Apple considerava reembolsar as pessoas que trocaram as baterias de seus iPhones cuja garantia já tinha acabado. Pois bem, a empresa informou nesta quarta-feira (23) que vai oferecer um crédito de R$ 300 para quem fez isso em lojas autorizadas.

Como saber se o processador do seu iPhone é limitado pela bateria

O caso da bateria começou no fim do ano passado, quando descobriram que uma atualização do iOS reduzia o desempenho de iPhones com bateria gasta ou danificada — caso não fizesse isso, argumentava a empresa, o smartphone poderia desligar repentinamente, pois o controle de energia poderia não fornecer as quantidades necessárias para os componentes.

A solução para o problema é uma troca de bateria. Então, após toda a repercussão, a empresa decidiu reduzir o preço da operação de substituição de bateria em suas lojas, inclusive no Brasil. Então, quem fez o processo antes do anúncio oficial da empresa, em 28 de dezembro, vai receber esse crédito de volta.

São qualificados a receber o crédito de R$ 300 todos os clientes que pagaram pela substituição de bateria para o iPhone 6 ou posterior entre 1º de janeiro de 2017 e 28 de dezembro de 2017. A companhia só considera consertos feitos em algum centro de serviço autorizado da Apple.

De acordo com a companhia, eles vão entrar em contato com os clientes por e-mail entre os dias 23 de maio e 27 de julho para falar sobre isso. O envio do dinheiro para os consumidores será feita via transferência bancária ou crédito, no cartão de crédito usado na operação.

A Apple ainda avisa que, caso o consumidor ache que esteja qualificado a receber o reembolso e não receba o e-mail, os clientes têm até 31 de dezembro deste ano para entrar em contato com a Apple e reclamar o ressarcimento. Nesse processo, a empresa claramente deve pedir algum tipo de comprovante de realização do serviço feito durante 2017.

[Apple]

Foto do topo por Pixabay