Um milhão de aplicativos de peido devem estar tremendo nas bases agora, depois da Apple ter decidido rejeitar um aplicativo alegando que o mesmo "contém funcionalidade mínima para o usuário e não será apropriado para a App Store".

O app em questão, chamado DuckPhone, foi desenvolvido por Nick Bonatsakis da Atlantia Software e tinha apenas um propósito: fazer o seu iPhone grasnar como um pato. Por algum motivo, a Apple não considerou isso útil o bastante para o usuário médio e enviou esta adorável carta ao desenvolvedor:

"Cara Atlantia Software LLC,

Nós analisamos o seu aplicativo DuckPhone e determinamos que ele contém funcionalidade mínima para o usuário e não será apropriado para a App Store.

Se você gostaria de compartilhar com amigos ou família, recomendamos que revise o método Ad Hoc na aba Distribution do iPhone Developer Portal para detalhes sobre como distribuir este aplicativo entre um pequeno grupo de pessoas à sua escolha ou, se você acredita que pode adicionar mais funcionalidade ao DuckPhone, nós o encorajamos a fazer isso e submeter o aplicativo novamente à revisão.

Sinceramente,

A equipe de revisão de Apps do iPhone"

Aí está: a Apple agora tem mais um motivo completamente arbitrário para rejeitar aplicativos como quiser. [Crunch Gear]