O serviço de streaming Apple TV+ até fez algum barulho quando chegou, mas a real é que tem um catálogo limitado para atrair clientes para além do período de testes grátis. Mas parece que a empresa da maçã planeja comprar títulos antigos para acender a faísca nostálgica dos consumidores e poder bater de frente com Netflix, Amazon Prime e Disney+.

A informação é da Bloomberg, que afirma que os executivos de programação da Apple TV+ tem visitado estúdios de Hollywood para negociar o licenciamento de conteúdos antigos. Segundo a reportagem, a Apple já comprou alguns títulos, tanto séries quanto filmes.

Desde o primeiro momento, o Apple TV+ se mostrou um serviço adepto das produções originais. É compreensível: há um movimento de distribuidoras de lançarem seus próprios serviços de streaming e os conteúdos originais são vistos como catalisadores para atrair assinaturas – como acontece com a série Game of Thrones e a HBO, por exemplo.

Mas a experiência de outras plataformas mostrou que ter um catálogo recheado com clássicos e blockbusters atrai assinantes – é o trunfo do Disney+, que reúne um catálogo imenso de sucessos do passado, e da GloboPlay com um baita acervo de novelas, além do licenciamento de vários títulos famosos.

Além disso, o Apple TV+ tem pouco menos do que 30 títulos originais, entre séries e filmes – ainda que a assinatura seja mais barata do que alguns concorrentes (R$ 9,90 mensais) e promoções incluam um ano gratuito na compra de um dispositivo da marca.

A Bloomberg aponta que 10 milhões de pessoas assinaram o Apple TV+ até fevereiro desse ano, mas somente cerca da metade utiliza o serviço ativamente. Os números são baixos se comparados com a concorrência: o Disney+, ainda não lançado em muitas partes do mundo, já tem mais de 50 milhões de assinantes; enquanto a Netflix já atingiu 182 milhões de assinantes e o Amazon Prime Video tem 150 milhões de usuários.

A mudança de estratégia pode ser uma tentativa de virada de jogo, apesar de o CEO da Apple, Tim Cook, ter dito durante uma reunião com investidores que o conteúdo reciclado não é a praia do Apple TV+. “Apple TV+ é sobre programação original”, disse. As coisas podem mudar rápido.