A polícia está procurando por um ladrão (ou ladrões) que roubou um meteorito do Museu de Ciência de Virgínia na semana passada. Na maioria das circunstâncias, o roubo de poeira celestial de um museu de ciência soaria como o enredo de Vingadores: Guerra Infinita ou até mesmo Ocean’s Eight. Mas esta não é uma dessas circunstâncias: oficiais do museu em Richmond, Virginia, dizem que o meteorito roubado vale cerca de meros US$ 1.500.

É por isso que você nunca deve tocar nas obras dos museus
As dúvidas sobre o suposto meteorito de 30 toneladas achado na Argentina
• As muitas vezes em que humanos quase foram mortos por meteoritos

Apesar de algumas rochas espaciais serem avaliadas na casa dos milhões de dólares, a amostra roubada do museu, para azar e infelicidade dos meliantes, não era uma dessas.

Do tamanho de uma bola de tênis, ela pode ser substituída de uma maneira um tanto peculiar: “Podemos comprar um novo meteorito no eBay e recebê-lo na terça”, explica Rich Conti, diretor do museu, ao Richmond Times-Dispatch.

Apesar de não possuírem valor inestimável, meteoritos de níquel são notórios por passar nos arrredores da Terra em altíssimas velocidades.

O objeto celestial fazia parte da exibição “Speed” (Velocidade). Ele ficava exposto em um mostruário de metal cujo suporte se abria, permitindo que os visitantes o tocassem.

A polícia explica que, no caso, o suporte foi aberto à força, permitindo que a rocha fosse retirada.

As medidas de segurança do museu não foram compartilhadas com a mídia – há câmeras de segurança no local, mas uma porta-voz do museu não divulgou se elas puderam capturar a ação dos suspeitos. A polícia aponta, no entanto, que apesar de valor pequeno, o mercado de rochas espaciais é “extremamente limitado”. “É uma investigação muito fora do comum”, diz Joe Macenka, porta-voz da polícia local.

Então, se o objetivo fosse de fato vender a rocha, parece que todo o trabalho dos assaltantes foi em vão. Na próxima, pesquise antes de assaltar o seu museu local.

[Virginian-Pilot via Richmond Times-Dispatch]

Imagem de topo: Virginian-Pilot