Durante os últimos meses, a Wired tem sido reimaginada a fundo para tablets em um novo produto digital chamado Wired Reader. Assista a seguir a uma demonstração da experiência. É um banquete para os olhos e pontas dos dedos.

Em parceria com a Adobe, a Wired construiu esta nova versão de si mesma (a ser lançada este ano) usando a tecnologia Air, que oferece compatibilidade tanto com plataformas Apple quanto Android, além de Macs e PCs.

Quer dizer, mais ou menos.

A pegadinha, claro, é que apesar da Wired Reader poder ser empacotada no seu próprio app Air para rodar no iPad, a Apple não precisa permitir isso (por razões de segurança, estabilidade ou qualquer outra coisa que eles puderem alegar). A demonstração que você vê acima também chama atenção por rodar macio o tempo inteiro, e esta fluidez de performance é boa parte da experiência de leitura. Não se sabe, nem se pode garantir, que o conteúdo rodará tão bem assim em um Android ou no iPad, ainda mais depois que vimos algumas animações nativas gaguejarem no iPad durante o hands-on do Gizmodo US, mesmo sem o Adobe Air como intermediário.

Defeitinhos à parte, eu achei a ideia fantástica. Quais revistas você gostaria que seguissem estes passos, oferecendo uma nova e mais interativa experiência de leitura digital? [Wired via Business Insider]