A Microsoft é a próxima a tentar desenvolver um assistente móvel pessoal, um desses que funcionam mais como uma voz robótica que responde a alguns comandos de voz. O recurso vai funcionar em todos os produtos da Microsoft. Ele receberá o nome Cortana, aquela personagem de inteligência artificial da série de jogos Halo.

Pistas sobre a existência de Cortana surgiram nos últimos meses, e mais recentemente em um app chamado “zCortana” encontrado em uma versão vazada do Windows Phone. O diretor do Bing, Stefan Weitz, já fez alusão ao fato de que a Microsoft estava desenvolvendo um assistente de voz próprio, mas ele queria que fosse melhor do que a Siri da Apple e o Google Now. “Não vamos lançar até conseguirmos algo que seja mais revolucionário do que evolucionário”, ele explicou à CNET em julho. “Temos equipes trabalhando bastante nisso atualmente.”

No mesmo mês, o CEO da Microsoft Steve Ballmer também fez alusão a serviço assim. Ele fala há algum tempo sobre a ideia, e no memorando com estratégias da Microsoft escrito em julho, ele comenta mais seus planos ambiciosos:

Nossa interface de usuário vai ser personalizável, baseada na inteligência avançada e quase mágica que a nossa nuvem aprende com o tempo sobre as pessoas e o mundo. Ela vai suportar nativamente todos os nossos serviços essenciais, e vai ser ótima ao responder com simplicidade ao que as pessoas perguntam, e até mesmo antecipar o que elas precisam antes de perguntarem.

A ZDNET divulgou alguns detalhes sobre Cortana na manhã de hoje, e o The Verge postou algumas imagens. Parece que o sistema está pronto para ser lançado, mas é improvável que ele apareça antes de 2014. Enquanto isso, a Siri continua melhorando a cada versão do iOS – apesar de continuar ausente no OS X – e o Google Now ganha novos recursos com bastante regularidade.

Em outras palavras, a competição no setor de assistentes pessoais com inteligência artificial está ganhando força. Mesmo que não consiga igualar os recursos, a Microsoft terá algo que Siri e Google Now não tem: uma personalidade, e não apenas um rosto.