Tudo indica que a Asus não deve entrar apenas para fazer cenário no mundo dos tablets. Após anunciar várias opções durante a CES, as primeiras informações sobre o Eee Transformer, o tablet que se acopla a um teclado físico removível, são bem empolgantes: preço baixo em comparação aos concorrentes e previsão de chegada em breve no Brasil. E, pelo menos nos EUA, uma campanha publicitária que vai direto ao ponto.

O Eee Transformer tem tela de 10,1 polegadas com tecnologia IPS e resolução de 1280 por 800 pixels, roda Android 3.0 e promete 8 horas de bateria quando ele está sozinho — com o teclado acoplado, o número dobra. Por dentro, Tegra 2 para acelerar tudo, câmera frontal e traseira, 1GB de RAM e armazenamento de SSD de 16 ou 32GB. Pelos números, uma bela de uma máquina, não?

O problema é que assim ele se parece demais com os concorrentes. Por isso a Asus adicionou um dock-teclado para o Eee Transformer, que será vendido separadamente. Falando em preços, parece que esse será o grande diferencial do aparelho: nos EUA, a versão de 16GB custará U$399, enquanto o modelo de 32GB sairá por U$499. Já o teclado, que é tratado como um extra, será vendido por U$149.

O tablet chega aos EUA neste mês e já começa com uma campanha publicitária pesada, focando no teclado que ninguém tem, só a Asus. E nós, brasileiros, não teremos que esperar tanto: Marcelo Campos, gerente de produtos da empresa no país, avisou recentemente que o aparelho chega por aqui em junho. Não sabemos ainda quanto o Eee Transformer custará no Brasil, mas o mesmo Campos já deixou claro que quer a fatia que não está disposta a gastar rios de dinheiro num tablet. [Techland e Engadget]