A Asus anunciou seu primeiro smartwatch na IFA, em Berlim. Evitando as caras redondas e chiques do Moto e de outros, este relógio tem um monte de software caseiro e preço bem pesado.

O relógio usa uma tela touchscreen AMOLED de 1,63 polegadas e resolução 320 x 320 —na verdade, é a mesma do Samsung Gear Live— e tem um corpo feito de aço inoxidável com um aro dourado-colorido. A tela é coberta com uma camada de Gorilla Glass 3 curvado. Por padrão, ele vem com uma pulseira de couro costurada, mas você pode trocá-la por qualquer uma normal, de 22 milímetros.

Dentro, um processador Snapdragon 400 de 1,2GHz, com 512MB de RAM, 4GB de armazenamento interno, uma baterias e 1,4Wh, Bluetooth 4.0 e um microfone. Também há um monitor cardíaco e um sensor de movimentos, além de revestimento IP55, o que significa que você poderá entrar debaixo do chuveiro usando um desses, sem problemas.

Em termos de software, a Asus optou por usar receitas caseiras. Cobrindo o Android Wear, estão coisas como o Watch Unlock (que permite que você destrave o aparelho tocando a face), Tap Tap (que permite que você toque duas vezes para funções pré-determinadas) e Cover To Mute (o que, como o nome diz, permite que você silencie o dispositivo encobrindo-o com a mão, o que é bem legal). Você pegou o espírito da coisa.

O preço será 260 dólares — mais que vários concorrentes que usam Android Wear — e ele estará disponível no fim do ano.

Gizmodo

Gizmodo

Gizmodo