Segundo a ABI Research, os tablets já ultrapassaram os netbooks em vendas, mas “netbooks ainda atraem interesse em países menos favorecidos” – como o Brasil. E vocês amam o netbook! Teclado físico, OS completo, preço baixo… Mas a Dell, fabricante do famoso Inspiron Mini, anunciou que vai parar de fazer netbooks. Eles estão morrendo.

A Dell já parou de vender o Inspiron Mini na sua loja virtual, e não tem qualquer intenção de lançar novos netbooks baseados na plataforma Cedar Trail da Intel, nova geração do Atom. Em outras palavras, a Dell largou os netbooks de vez. E quando uma empresa como a Dell anuncia que está saindo do mercado de netbooks, é porque a categoria de laptops pequenos e com menos potência está morrendo – por mais úteis que eles possam ser.

Conversando com o The Verge, a diretora de marketing da Dell, Alison Gardner, foi clara sobre a estratégia da empresa para o futuro: “Fino e potente é o que procuramos para nós”. Veja que ela nem usou a palavra Ultrabook – mas é exatamente isso que ela quis dizer. Nada de tablets: em vez de laptops nanicos, laptops ultrafinos. É uma boa troca. [Liliputing via The Verge]