“Bonjour! Eu lhe convido a ir ao portão de embarque. Os Aeroportos de Paris lhe desejam un bon voyage”, diz o atendente que sorri à sua frente. Só que ele não está à sua frente: ele não é real. É um holograma no Hall 40 do aeroporto de Orly, em Paris.

Neste aeroporto menor e secundário de Paris, o Hall 40 serve voos para o sul da França e a ilha de Córsica, no mar Mediterrâneo. Recentemente, ele recebeu uma atualização: além de criar mais assentos e espaço para 400 passageiros em espera, eles também instalaram estes incríveis Agentes de Embarque Holográficos (dica: é o cara da esquerda).

Bem, esses agentes não são hologramas do tipo “Obi-Wan, você é minha única esperança” que nos prometem desde os anos 70. Na verdade, um vídeo pregravado é retroprojetado em uma peça de acrílico com formato humano, para alertar os passageiros quando e onde pegar seus voos. E mesmo não sendo capaz de destacar o bilhete como um atendente real, as autoridades de Orly esperam que os hologramas forneçam um meio mais intuitivo de exibir informações de embarque. De acordo com oficiais, os agentes 2D receberam uma resposta em geral positiva do público. “As crianças gostam, é divertido. Elas ficam atraídas por ele e tentam brincar com ele”, disse à Associated Press Didier Leroy, o diretor de operações do aeroporto.

Próximo passo: controles holográficos para os pilotos do avião? É, ainda estamos longe disso… [Associated Press via Ubergizmo]