No último fim de semana nas Filipinas, um vigia achou que um ator mascarado com uma arma era um assaltante. O vigia pulou na moto em movimento do ator e atirou nele, matando-o. Testemunhas acharam que a morte do mascarado fazia parte do filme.

O ator Kirk Abella estava usando uma máscara e andando de moto para uma cena do filme britânico Going Somewhere neste sábado, quando o incidente aconteceu. Um vigia da vila, Eddie Cuizon, foi alertado por um residente local da presença de homens armados na área, o distrito Parian da cidade de Cebu, nas Filipinas. Apesar de Cuizon entregar esta informação à polícia e ser informado de que o filme estava sendo gravado na área, ele foi ao set de filmagens com um policial mesmo assim.

Quando ele chegou no set, com o policial um pouco atrás dele, o diretor tinha acabado de gritar "ação!" e Abella começou a andar de moto. Temendo que ele fosse um criminoso prestes a escapar – homens armados em motos são comuns na área – Cuizon pulou na moto e atirou em Abella nas costas, à queima-roupa. Cuizon se rendeu à polícia imediatamente depois de perceber o que aconteceu, e Abella morreu pouco depois em um hospital próximo.

Nas Filipinas, vigias ajudam a polícia a patrulhar as ruas e a garantir que toques de recolher sejam obedecidos, mas geralmente eles carregam apenas cassetetes e não têm permissão para portar armas de fogo. Cuizon disse que ele pegou emprestado de alguém a .357 Magnum feita em casa que ele usou para matar Abella. Ele está sendo acusado de homicídio e violação de proibição de arma. [AP]