Nesta quarta-feira (17), o Twitter começou a testar no Brasil o envio de mensagens de áudio particulares, pelas DMs da plataforma. Os áudios poderão ter duração de até 140 segundos (2 minutos e 20 segundos), assim como a opção de gravar um tuíte por voz. O experimento também chegou à Índia e ao Japão, de acordo com uma publicação do perfil indiano da empresa.

Para utilizar a função, basta clicar no ícone de gravação de voz, tanto para iniciar quanto para finalizar. Há uma opção de “denunciar mensagem” no caso de alguém usar indevidamente DMs de voz, especialmente com áudio privado. Alguns relatos sobre o uso desta funcionalidade já podem ser encontrados na rede social.

O Twitter havia anunciado em 2020 testes de envio de mensagem de voz pela Mensagem Direta (DM) da plataforma, de forma a trazer “mais opções para as conversas no Twitter, tanto públicas quanto privadas”, conforme afirmou Alex Ackerman-Greenberg, gerente de produto no Twitter ao The Verge.

Apesar disto, já existe uma ressalva no que diz respeito à participação de pessoas portadoras de deficiência visual ou auditiva, uma que vez que a experiência pode se tornar excludente pela falta de meios acessíveis, como relatado no artigo do jornalista Liam O’Dell ao contar sua experiência com os tuítes por voz. Segundo ele, existem alguns pontos positivos a serem considerados, como o conteúdo com legenda, mas ainda é preciso pensar de forma mais abrangente e completa.

Assine a newsletter do Gizmodo

Em entrevista ao Protocol, o chefe de design do Twitter, Dantley Davis, disse que novos recursos estão sendo criados para proporcionar um maior alcance aos utilizadores da rede. “Agora, temos uma equipe de acessibilidade em tempo integral no desenvolvimento de produtos, o que inclui engenharia e design. Também mudamos nosso processo de desenvolvimento de produto, de forma que a acessibilidade seja sempre considerada durante a conceituação de recursos”.

Outras redes sociais, como Facebook e Instagram, já permitem o envio de mensagens de voz há bastante tempo. Por outro lado, o Twitter parece estar um pouco adiantado em outra frente de áudio: a empresa vem testando os Spaces, que são salas de bate-papo por voz.

[Android Central]