Caso o Aura – o telefone de luxo da Motorola de 2008 – não tenha expressado suficientemente quão “nouveau-riche” ele era, alguns falsificadores chineses (quem mais?) fizeram uma versão dele dentro de uma pele Louis Vuitton.

O LV Aura falso se afasta do display circular da sua inspiração cara e parte para um quadrado e chutamos que suas especificações não sejam nem próximas da já fraca câmera de 2 megapixels, memória interna de 2GB e 400 horas de standby do verdadeiro Aura.

Mas aquele ainda custa 2 mil dólares (e você não pode revendê-lo), ao passo que este custa uns 113 dólares. E se você quer ter um telefone que diga pras pessoas “eu ligo pras aparências mais do que qualquer outra coisa!”, você já pode se esquecer da ilusão de que você tem alguma classe. [shanzhaiji]