O avião espacial ultrassecreto da Força Americana, o Boeing X-37B, aterrissou na Flórida no início deste domingo (27) após 780 dias – mais de 2 anos e um mês – em órbita ao redor da Terra. E ainda não temos ideia do que ele estava fazendo enquanto estava lá em cima.

A missão X-37B Orbital Test Vehicle-5 (OTV-5) foi a quinta vez que o veículo voou ao redor do mundo, superando a duração da quarta missão, que pousou em maio de 2017 após 718 dias em órbita. Esta missão mais recente foi lançada a partir de um foguete SpaceX Falcon 9 em 7 de setembro de 2017.



“O X-37B continua demonstrando a importância de um avião espacial reutilizável”, afirmou a Secretária da Força Aérea Barbara Barrett em comunicado divulgado online. “Cada missão sucessiva avança as capacidades espaciais de nossa nação”.

Quais são esses recursos? Nós não sabemos os detalhes. Mas, de acordo com a Força Aérea, o X-37B tem a capacidade única de “testar novos sistemas no espaço e devolvê-los à Terra” e a missão “completou com sucesso” todos os seus objetivos.

Os líderes militares, muitos dos quais estavam céticos em relação à necessidade de um ramo inteiramente novo das Forças Armadas, parecem entusiasmados com a Força Espacial do Presidente Donald Trump e com a maneira como o X-37B pode desempenhar um papel nesse ramo militar. Pelo menos é essa a impressão que se tem ao ler o comunicado de imprensa da Força Aérea.

“O retorno seguro desta espaçonave, depois de quebrar seu próprio recorde de resistência, é o resultado da parceria inovadora entre governo e indústria”, disse o chefe do Estado-Maior da Força Aérea, David L. Goldfein, em comunicado à imprensa. “O céu não é mais o limite para a Força Aérea e, se o Congresso aprovar, a Força Espacial dos EUA”.

Esta missão mais recente lançada da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, na Flórida, aterrissou no Kennedy Space Center Shuttle Landing Facility da NASA em 27 de outubro de 2019 às 3:51 (ET). A última vez que este avião espacial voltou à Terra havia um vídeo do pouso. Desta vez, no entanto, não houve vídeo, talvez porque o pouso ocorreu antes do amanhecer.

“Esse programa continua a ser o único veículo espacial reutilizável do mundo. Com uma aterrissagem bem-sucedida hoje, o X-37B completou seu voo mais longo até o momento e completou com sucesso todos os objetivos da missão”, disse Randy Walden, diretor do Escritório de Capacidades Rápidas da Força Aérea.

“Essa missão recebeu com sucesso experimentos do Laboratório de Pesquisa da Força Aérea, entre outros, além de fornecer uma carona para pequenos satélites”.

A Força Aérea diz que planeja lançar a sexta missão X-37B da CCAFS em 2020. E você pode apostar um bom dinheiro que também não saberemos muito sobre esse lançamento.

O que você acha que eles estavam fazendo lá em cima? Algumas missões atrás, algo como “alienígenas” pode ter sido um palpite ridículo. Mas com certeza aprendemos muito sobre o contato militar dos EUA com objetos voadores não identificados desde que esta missão foi lançada em setembro de 2017.

Não estou dizendo que eles estão colocando aliens em um avião espacial supersecreto da Força Aérea. Mas eles provavelmente estão.