Como serão os aviões que ocuparão os céus em 2030? De acordo com a Airbus, este conceito de "avião-fantasia" é uma hipótese razoável, um modelo ultraleve com asas curvadas e cauda em forma de U. Ah, e pisos invisíveis.

Claro, o design por fora não é tão maluco assim, mas algumas das características do interior são. Por exemplo, as "projeções holográficas de decoração virtual, para que cada passageiro possa transformar sua área em um espaço de trabalho, um quarto ou um jardim zen". Ou paredes e piso que podem ficar "invisíveis" para você ter uma ideia da vista embaixo do avião. Não é interessante e medonho ao mesmo tempo? Eu quase borrei a calça só de andar numa cadeira de roda-gigante com o piso feito de vidro, imagine ter que encarar a vista de 9.000 metros de altitude.

Mas bem, pelo menos temos 20 anos antes de nos preocuparmos com isto, certo? [Airbus via Inhabitat]