O Plano Nacional de Banda Larga foi lançado em 2009, prometendo internet de alta velocidade – agora de 1Mbps – por até R$35 ao mês. O serviço chegaria às primeiras cidades em 2010; depois o prazo foi alterado para abril de 2011, o que não aconteceu; mas agora parece que finalmente temos uma data para a estreia. O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse que as primeiras seis cidades vão receber o PNBL em julho.

O PNBL sofreu vários contratempos: inicialmente foi divulgada uma lista de 100 municípios que primeiro receberiam os planos acessíveis de banda larga; a lista foi reduzida para apenas seis. E, no final de abril, o presidente da Telebras admitiu que a meta de cobrir 800 municípios com o PNBL até o final de 2011 não seria cumprida. Pelo menos a velocidade mínima foi aumentada, de 512kbps para 1Mbps. E o valor do plano, R$35 ao mês, pode ser menor nos Estados que concederem isenção de ICMS ao serviço – a mensalidade cairia para R$29,90.

Como já explicamos, o valor pode parecer alto, mas você deve ter um pouco de perspectiva: milhares de cidades, se têm acesso à banda larga, dependem de um só provedor com poder de monopólio – que por isso cobra preços bem altos. Internet a até R$35, nesses lugares, é uma mudança enorme – que começa em julho, ou assim esperamos. [Agência Brasil via IDG]

O Gizmodo Brasil pode ganhar comissão sobre as vendas. Os preços são obtidos automaticamente por meio de uma API e podem estar defasados em relação à Amazon.