Eu não gosto de me barbear porque isso costuma irritar a pele do meu rosto, e às vezes deixa alguns pequenos cortes; e o barbeador elétrico que comprei às vezes puxa os pelos ao cortá-los. E se eu pudesse me barbear… com lasers?

>>> Um truque simples aumenta a vida útil das lâminas do seu barbeador

Essa é a promessa do Skarp Laser Razor: “um pequeno laser que corta o pelo para um barbear incrivelmente rente”. O projeto pediu US$ 160.000 no Kickstarter e já acumula mais de US$ 2 milhões. A questão é: esse produto realmente funciona?

O Skarp está prometendo bastante coisa para uma campanha de Kickstarter. Ele possui um laser potente o bastante para cortar pelos, mas não forte a ponto de irritar a pele ou prejudicar os olhos. O laser gasta pouca energia, usando apenas uma pilha AAA que duraria por um mês.

Qual é a potência do laser? É segredo. No Reddit, os criadores do Skarp dizem que “coisas como o tipo do laser, comprimento de onda e potência fazem parte de nossa propriedade intelectual e não podem ser discutidas”.

A equipe demonstrou em vídeo um protótipo bastante rudimentar do Skarp. Nele, o feixe de laser fica dentro de uma fibra óptica e assim consegue cortar os pelos – do braço, não do rosto.

Note que o laser tem dificuldade para cortar até mesmo pelos grandes, e não consegue remover mais de um pelo por vez. Este outro vídeo também mostra o laser cortando um pelo de cada vez:

O vídeo promocional, que fica em destaque no Kickstarter, não demonstra o barbeador removendo pelos em nenhum momento. Tudo o que temos é um rapaz queimando pelos do braço com um laser, e uma animação mostrando como o Skarp deve funcionar:

barbeador skarp

Ela demonstra o barbeador removendo um pelo de cada vez; é provavelmente assim que ele agiria no mundo real. Em média, um homem possui 30.000 pelos de barba. Quanto tempo demoraria até você terminar de se barbear com um laser?

Ainda assim, a campanha diz que você poderá se barbear em velocidade normal. “Você não precisa fazer a barba em velocidades lentas! Você vai até mesmo terminar um pouco mais rápido por não ter que se ensaboar!”

Essa promessa é feita sem que exista um protótipo bastante funcional do Skarp. No Reddit, a equipe diz que criar algo do tipo não valeria a pena:

Uma vez que estivermos em produção, nós teremos alphas e betas, sobre os quais manteremos todos os nossos apoiadores atualizados. Mas as fibras ópticas são criadas de uma só vez, em massa. Portanto, não há motivo de gastar dinheiro e tempo para fabricar um lote de protótipos.

Mesmo assim, eles planejam entregar a versão final do Skarp daqui a apenas seis meses, em março de 2016.

barbeador skarp

No Kickstarter, os criadores do Skarp explicam a ciência por trás do barbeador. Eles dizem que existem comprimentos de onda de luz que cortam pelos escuros – é assim que funciona a depilação a laser, por exemplo – mas encontrar uma forma de cortar pelos claros é mais difícil.

Depois de anos de pesquisa e desenvolvimento, descobriu-se um cromóforo no pelo que o cortaria quando recebesse um comprimento específico de onda de luz. Cromóforos são partículas que absorvem certos comprimentos de onda (cores) de luz. Este cromóforo é compartilhado por todos os seres humanos, independentemente da idade, sexo ou etnia.

Ou seja, esta seria uma evolução da depilação a laser, na qual um feixe atravessa a pele para que seu calor danifique o folículo, cortando o pelo em uma camada mais profunda.

No entanto, a campanha promete que o Skarp não queima os pelos, e por isso não deixa cheiro de queimado: “o laser não entra na pele, é apenas no pelo”.

barbeador skarp 3
Morgan Gustavsson e Paul Binun

Há quem diga que toda a campanha é um golpe, mas não parece ser o caso. Morgan Gustavsson e Paul Binun, criadores do Skarp, detêm patentes que descrevem “um dispositivo configurado para cortar pelos usando luz laser”. Gustavsson fundou a Medical Bio Care, que vende produtos para depilação a laser; e Binun tem estudos publicados sobre lasers.

No entanto, transformar este protótipo rudimentar em um barbeador a laser em apenas seis meses é algo bem improvável. O Skarp custava US$ 89 para os primeiros apoiadores; agora, ele sai por US$ 189.

[Kickstarter via Estadão]


Atualizado às 17h55