O retorno do MagSafe como um sistema de recarga sem fio nas novas versões do iPhone 12 foi uma grande surpresa, especialmente com a promessa de novos acessórios magnéticos. Mesmo com as novidades lançadas no final de 2020, a Apple estaria supostamente trabalhando em uma bateria externa com suporte à tecnologia.

A partir dos depoimentos de fontes anônimas, a Bloomberg relata que a empresa vem trabalhando no acessório há pelo menos um ano. Assim como em outros casos que utilizam este sistema de carregamento magnético, ela seria acoplada na parte de trás dos aparelhos mais recentes. Alguns dos protótipos apresentam um exterior revestido de borracha branca. No entanto, ao contrário dos acessórios anteriores de bateria do iPhone, ela fornece apenas vida útil adicional a bateria e não serviria como um case de proteção completo.

É fato que uma bateria MagSafe faz muito sentido — e provavelmente seria um sucesso de vendas. O MacRumors ter encontrado uma referência a ela no iOS 14.5 nos faz pensar que a Apple está trabalhando neste dispositivo a todo vapor. Ainda assim, de acordo com a reportagem, houve alguns empecilhos no processo de desenvolvimento. Enquanto os testes internos mostram que a fixação magnética é forte o suficiente para permanecer no lugar, o software do iPhone, por muitas vezes e de forma errônea, pensa que o pacote está superaquecendo. Parece que utilizar ou não uma capa no celular também faz diferença no processo.

Claramente, os acessórios dão bastante dinheiro para a Apple — embora seja difícil apontar exatamente quanto, já que as receitas de acessórios, produtos domésticos e vestíveis é posta em uma única categoria. No entanto, é esta categoria que rendeu um recorde de US$ 13 bilhões para a empresa no seu primeiro trimestre fiscal de 2021. Na ocasião, o CEO da companhia Tim Cook disse em uma teleconferência que todas as três subcategorias deste grupo atingiram resultados históricos.

Assine a newsletter do Gizmodo

Isso tudo parece ótimo, mas a reportagem da Bloomberg também traz algumas informações interessantes, que sugerem uma relação receosa da empresa quando se trata de baterias e carregamento. Aparentemente, a Apple ainda está se recuperando do não lançamento do carregador sem fio AirPower. Além disso, ela teria cancelado um recurso em 2019 que permitiria que você carregasse seus AirPods na parte de trás de um iPhone. Inclusive, este é um recurso que está disponível há anos na Samsung, na Huawei e em outros aparelhos Android.

Considerando tudo isso e os desafios impostos na gestão do projeto, é possível que uma bateria MagSafe nunca chegue de fato ao mercado. Mesmo que seja só vaporware (como são chamados aqueles produtos anunciados, mas nunca lançados de fato), não parece que veremos saberemos tão cedo. De acordo com outro boato recente da Apple, o MagSafe também pode estar voltando para dois modelos de MacBooks Pro.

Enquanto esperamos — possivelmente para sempre — pelo aparecimento de uma bateria, alguém arrisca chutar o quanto ela vai custar? Afinal, o MagSafe Duo e o acessório MagSafe com bolso de couro custam US$ 130. Sinceramente, eu ficaria surpresa se a bateria custasse menos que isso.