Banco Central autoriza realização de pagamentos via WhatsApp no Brasil

Função está em testes há cerca de um ano, mas até então BC não havia liberado permissão para o uso da ferramenta.

WhatsApp. Imagem: Christoph Scholz (Flickr)

Imagem: Christoph Scholz (Flickr)

Após nove meses de análises, o Banco Central (BC) autorizou nesta terça-feira (30) a realização de pagamentos via WhatsApp no Brasil. O recurso, que ainda não está disponível — lembre-se que saiu apenas a autorização —, vai permitir que usuários façam transações diretamente pelo mensageiro usando as bandeiras da Visa ou Mastercard.

De acordo com a entidade, o funcionamento das duas operadoras dentro do WhatsApp ainda está em análise porque o programa Facebook Pay, que é o nome oficial da ferramenta de pagamentos do serviço de mensagens, também está em fase de testes no BC. O Facebook, dono do WhatsApp, iniciou os primeiros testes em junho do ano passado, mas que foram interrompidos pelo Banco Central para verificar possíveis riscos da tecnologia.

Agora, tudo parece ter sido resolvido e o lançamento da novidade está mais próximo. “Se eu tenho isso, o WhatsApp vai ser aprovado em breve para fazer pagamentos no Brasil. Vejo um casamento entre mídia social e o mundo de finanças, os controladores têm de entender como regular, enfrentar e o que significa para competição na sociedade”, disse Roberto Campos Neto, presidente do BC, em evento virtual promovido por um banco.

O WhatsApp comemorou a decisão do Banco Central dizendo que “agora, mais do que nunca, pagamentos digitais seguros e convenientes oferecem uma solução vital para transferir dinheiro rapidamente para pessoas que necessitam e auxiliar empresas em sua recuperação econômica”. “Estamos empenhados nos preparativos finais para disponibilizar esta funcionalidade do WhatsApp no Brasil assim que possível”, completou a empresa.

Lembrando novamente que o BC já liberou pagamentos através do WhatsApp no Brasil, mas que a ferramenta ainda não pode ser acessada dentro do app, possivelmente por questões burocráticas.

[BC, Agência Brasil]

Sair da versão mobile