Em vez de ter o excelente e novo Western Digital VelociRaptor que ele havia solicitado, Jon recebeu um antigo Quantum Fireball de 30GB, um produto descontinuado pela Maxtor há nove anos. A Best Buy falou pro Jon que a WD é quem deve ter embalado o disco zoado e era com eles que ele tinha que se virar. Ele ficou na loja e foi jogado de lá pra cá entre as linhas de atendimento ao consumidor da Western Digital e da Best Buy, ninguém querendo devolver seus 225 dólares. Disse Jon:

Por fim, acabei falando com um representante do Serviço ao Consumidor, que me disse que nada poderia ser feito pois “era responsabilidade da Western Digital”. No entanto, o melhor que ele podia fazer era me oferecer um cartão-presente equivalente à metade do valor do disco (o preço total de compra foi 225 dólares). Eu disse a ele que aquilo era inaceitável e que eu só queria ou o disco que eu havia de fato comprado (ou melhor, tentado comprar), ou um reembolso para que eu pudesse comprar em outro lugar. Ele disse que aquilo “era simplesmente impossível”. Eu disse que a Best Buy estava efetivamente roubando o meu dinheiro, ao que ele me respondeu: “sim, é basicamente isso mesmo”. Eu falei para o representante que eu daria queixa na polícia e buscaria ajuda da minha firma de cartão de crédito e saí da loja.

 

Ele no momento está se esforçando para obter seu dinheiro de volta com o cartão de crédito, mas parece que ele vai ter que levar a Best Buy ao tribunal de pequenas causas (!).

A Best Buy já foi conhecida no passado por embalar itens bizarros e claramente usados como novos, mas este tipo de atendimento ao cliente é simplesmente muito mais abominável. [Consumerist]