As coisas não estão nada boas para a BlackBerry, que anunciou demissões em massa e prejuízo trimestral bilionário na semana passada. Mas a empresa ainda pode ter salvação: uma empresa de investimento canadense ofereceu US$ 4.7 bilhões para tomar o controle da BlackBerry.

Sim, a BlackBerry, que já chegou a valer mais de US$ 100 bilhões, vai ser comprada por US$ 4.7 bilhões. A proposta foi aceita pela direção da BlackBerry, mas ainda depende de aprovação de órgãos no Canadá. Se receber a luz verde, a Fairfax Financial Holdings Limited se tornará a controladora da BlackBerry.

A Fairfax pretende seguir em frente com a tendência da BlackBerry se afastar dos consumidores para focar no mercado corporativo. O CEO da grupo, Prem Watsa, diz que isso permite que a BlackBerry “continua a execução de uma estratégia de longo prazo em uma empresa privada com foco em entregar soluções empresariais superiores e seguras para consumidores BlackBerry ao redor do mundo.” Considerando a dificuldade do BB10 de atrair consumidores em geral – o Z10 foi apontado como um dos responsáveis pelo trimestre desastroso da empresa – e o seu histórico no mundo corporativo, talvez seja a melhor opção para a empresa no momento.

A previsão é que o acordo seja fechado até o dia 4 de novembro, mas a BlackBerry está aberta a ouvir outras propostas até lá. [Marketwatch, Gizmodo US, The Verge]