Você se lembra dos vídeos de robôs da Boston Dynamics de uns anos atrás? Eles conseguirem andar (naquelas) em um terreno acidentado já era uma grande coisa. Mas o Atlas continua superando os limites, como neste novo vídeo, que mostra o robô pulando por cima de obstáculos e subindo em caixas como uma lenda do parkour. A rebelião robótica está no horizonte, meus amigos. Não é brincadeira.

Não é exagero dizer que o Atlas foi de sub-humano para super-humano em apenas alguns anos. Em janeiro de 2016, já era uma grande coisa fazer robôs desse tipo andarem sem cabos em planos inclinados. Agora estamos vendo máquinas desse tipo dando saltos mortais para trás. Nem eu consigo fazer isso! Em 2015, o Atlas precisava de cabos para correr entre árvores.

• Novo robô do MIT consegue manusear delicadamente objetos que nunca viu
• Este robô que amarra cadarços foi construído por estudantes com orçamento de apenas US$ 600

Claro, ele ainda comete uns erros de vez em quando — ano passado, por exemplo, o robô caiu de um palco. Mas é uma coisa que até humanos fazem. Quando foi a última vez que você pulou por cima de obstáculos como o Atlas?

E isso tudo sem falar de outros robôs da Boston Dynamics, como o SpotMini, ágil o suficiente para lavar a louça, o Handle, que pula por cima de enormes plataformas, e o Spot, que consegue abrir portas e ficar de pé quando é atacado.

Quando eu estive no DARPA Robotics Challenge em meados de 2015, um dos maiores desafios para as equipes era fazer com que seus robôs se movessem de maneira autônoma por uma superfície rochosa e desigual. Agora, essas mesmas equipes provavelmente mandariam seus robôs pularem por cima dos obstáculos.

Eu acho que todos nós sabemos onde isso vai parar. E não é nada bom para a humanidade. Vamos lá, Atlas. Acabe logo com a gente.