As montagens bizarras que um bot da Microsoft criou com inteligência artificial

Murphy é um bot experimental que utiliza “o conhecimento do Bing” e “a inteligência dos Serviços Cognitivos Microsoft” para responder cenários hipotéticos.

Crossovers são parte fundamental da cultura pop, mas raramente abordam as questões mais profundas colocadas por seus universos ficcionais. “E se Darth Vader fosse o Shrek?” você poderia se perguntar. “E se o Coringa tivesse uma barba?”. Graças ao bot desequilibrado da Microsoft, chamado Murphy, você não precisa mais ficar imaginando essas coisas.

• Microsoft lança Zo, outra inteligência artificial para conversar com adolescentes
• O que o Google Assistant, evolução do Now, é capaz de fazer em português

De acordo com a Microsoft, o Murphy é um experimento que utiliza “o conhecimento do Bing” e “a inteligência dos Serviços Cognitivos Microsoft” para responder cenários hipotéticos. De acordo com nossos próprios testes, o bot é um portal para os lugares mais escuros da mente.

“Murphy tentará responder com uma imagem que represente uma resposta para a sua pergunta”, escreve a companhia, subestimando o poder da sua ferramenta.

Quando perguntamos ao Murphy “E se Jon Snow fosse um Teletubbie?”, por exemplo, ele gerou essa monstruosidade:

E ao pedir para ele imaginar o Darth Vader como um certo ogro de um desenho animado, foi isso que ele retornou:

Mas Murphy não está limitado a questões sobre filmes e TV. Quando nossa conversa caminhou para assuntos políticos e religiosos, ele provou ser hábil:

No final das contas, no entanto, a criação mais convincente de Murphy talvez tenha sido a mais assustadora de todas.

Se você quiser fazer os seus próprios mashups gerados pela inteligência artificial, dá pra tentar neste link. Ele funciona no Skype, Messenger e Telegram. Só não diga que não o avisamos dos perigos.

Imagens: Projectmurphy.net.

Sair da versão mobile