Bem, cá está: a prova de que amputados no final do século XIX eram tão adoráveis quanto o Exterminador do Futuro. Vamos ver estes dedinhos mais de perto, sim?

 

AAHH! O Museu de Ciência de Londres, os relutantes donos deste braço de aço e bronze que saiu de algum pesadelo, explica:

A articulação do cotovelo pode ser movida soltando-se uma mola, enquanto a articulação superior do pulso permite um grau de rotação e movimento para cima e para baixo. Os dedos também podem se dobrar e se esticar. A parte superior do braço, feita de couro, é usada para inserir a prótese no que restou do braço.

Eles então admitem que especialmente a mão é "bastante sinistra", e quando um museu acha que uma coisa deles mesmos é medonha, aí você sabe que está lidando com um artefato histórico verdadeiramente assustador. [London Science Museum via BoingBoing]