Os exatos 202,74 – sim, é uma média, ele não escreveu vc e os jurados decidiram dar 0,74 pontos – caracteres escritos por Thiago são o bastante para ele sonhar mais alto em Nova Iorque, no fim de janeiro. Na Espanha, o vencedor precisou de 50,3 segundos para escrever 164 caracteres, e o vencedor do torneio no último ano, o português Pedro Matias, precisou de 1 minuto e 59 segundos para escrever 264 toques. Ou seja, vai que é tua, Thiago!

Mas enquanto o torneio de adolescente mais viciado em SMS – tem que praticar muito, convenhamos – ainda é grandioso e oferece prêmios de até U$100 mil, os teclados virtuais já são disparado os mais rápidos do mundo. Principalmente o Swype, que atualmente detém o recorde mundial de velocidade: 160 caracteres em 35,54 segundos. Alguém encara?